Desafio 1 - Almanaque

Puxe pelo talento dos alunos
para uma questão ambiental do
tamanho de um almanaque

DESTINATÁRIOS

Alunos com idades compreendidas entre os 6 e os 15 anos, de eco-escolas do Ensino Básico e Secundário situadas nos distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Porto, Viana do Castelo, Vila Real e/ou Viseu.

OBJETIVO

O desafio é que os alunos se juntem num grupo (no máximo de 5) e que criem um almanaque ao melhor estilo do Borda d'Água.

CARATERÍSTICAS DO TRABALHO

Cada grupo de alunos deve produzir:

  • um pequeno livro, de formato de bolso (A5);
  • preto e branco;
  • máximo de 25 páginas (excluindo a capa e a contracapa).
  • deve incluir 2 páginas (frente e verso) por mês, sendo que em cada mês deve constar as operações agrícolas existentes na região ou no distrito, aparecendo subdivididas em 4 categorias:
    • O que se deve semear ou plantar.
    • O que se deve colher ou apanhar.
    • Outros trabalhos a não esquecer - poda, monda, colheita, sementeira, etc..
    • Embalagens obrigatórias para recolher e entregar num Ponto de Recolha Valorfito®.

Submeter o trabalho aqui. (para submeter o trabalho deverá ter efetuado login na plataforma Eco-Escolas)

NOTA: Cada escola só pode concorrer com 1 única candidatura ao Almanaque Valorfito® 2014.

PRÉMIOS

Os 3 melhores trabalhos serão premiados com Bicicletas para os alunos autores, Tablets para os professores responsáveis e um Quadro com Diploma para a Escola que representam.

Desafio 2 - Reportagem

Descubra Jovens Repórteres com veia para o Ambiente entre os seus alunos

DESTINATÁRIOS

Alunos com mais de 12 anos, de Eco-Escolas ou escolas JRA (Jovens Repórteres para o Ambiente) de todo o país.

OBJETIVO

Pretende-se desafiar os alunos para a investigação local das questões que se relacionam com a Agricultura e o Ambiente, equacionando, sempre que for o caso, a problemática associada à utilização de produtos fitofarmacêuticos.

CARATERÍSTICAS DO TRABALHO

Para concorrerem a este desafio, pede-se que os alunos que se transformem em Jovens Repórteres para o Ambiente e se juntem (no máximo em grupos de 2) para produzirem uma peça jornalística, que inclua os temas Agricultura e Ambiente. Podem apresentar por escola até 2 trabalhos em cada uma das categorias propostas (atigo, fotorreportagem, videoreportagem).

  • Categoria A - Artigo/reportagem
    • Os trabalhos poderão versar os diferentes géneros jornalísticos: artigo, reportagem, entrevista ou ensaio.
    • O texto deve ser ilustrado com pelo menos uma imagem (fotografia, gráfico, etc.).
    • O texto escrito, excluindo as ilustrações, não deve exceder, no máximo, 3.500 caracteres (com espaços) em fonte Times New Roman de corpo.
  • Categoria B - Fotorreportagem
    • Apresentada em formato de imagem (.jpeg ou .bmp), com boa definição (300 dpi ou 7×7 cm mínimo).
    • A fotorreportagem tem de ser acompanhada por uma memória descritiva esclarecedora e de cariz científico com cerca 100 a 150 palavras.
    • Pode incluir apenas uma fotografia ou uma série até 6 fotografias na mesma reportagem.
  • Categoria C - Vídeo reportagem
    • O trabalho jornalístico apresentado neste formato não pode exceder os 3 minutos.
    • Deve ser acompanhado de uma memória descritiva que deve ter a dimensão máxima de 1 página A4.

Submeter os trabalhos aqui.
(para submeter os trabalhos deverá ter efetuado login na plataforma JRA. Para se candidatar ao prémio de reportagem sobre agricultura e ambiente deve usar a plataforma Jovens Repórteres para o Ambiente, www.jra.abae.pt fazendo lá a inscrição, pois é o local onde vão ser publicados os trabalhos de reportagem. Qualquer dúvida contactar jra@abae.pt.)

PRÉMIOS

Os 3 melhores trabalhos, em cada categoria, serão premiados com Máquinas de calcular gráficas para os seus autores, Tablets para os professores responsáveis e um Quadro com Diploma para a Escola que representam.

DATAS

Envio: os trabalhos devem ser enviados até ao final do ano letivo 2012/2013.

Inscrições: até 28 de Fevereiro, através da plataforma do projeto Eco-escolas.

Em alternativa pode enviar a sua inscrição para ecoescolas@abae.pt, ou para o fax 213 947 249, mencionando o nome da escola e a sua intenção de participar neste desafio.

JÚRI

Todas as propostas a concurso serão avaliadas por um júri, constituído por representantes da Agência Portuguesa do Ambiente, Direção Geral de Alimentação e Veterinária, Valorfito®, Direção-Geral da Educação, ABAE e 3 em Linha (agência de comunicação e marketing do Valorfito®).